Descubra se é possível reconhecer a cidadania italiana para netos e bisnetos

Descubra se é possível reconhecer a cidadania italiana para netos e bisnetos

A cidadania italiana é um tema de grande interesse para muitas pessoas, especialmente aquelas com ligações familiares na Itália. Muitos se perguntam se é possível obter a cidadania italiana para netos e bisnetos, e se existem regras específicas que regem o processo. 

Nos próximos tópicos, vamos explorar essas questões e tentar esclarecer as opções disponíveis para aqueles que desejam adquirir a cidadania italiana para si mesmos ou para seus parentes mais jovens. 

Acompanhe os próximos tópicos e boa leitura!

Cidadania italiana para netos e bisnetos

Quando falamos sobre cidadania italiana voltada para netos e bisnetos de indivíduos que nasceram na Itália é mera convenção. Na verdade, a cidadania italiana, considerando os descendentes, não têm limites em termos de gerações.

Sendo assim, a cidadania poderá ter como origem o avô da pessoa, seu trisavô e até mesmo o octavô. Os italianos denominaram essa forma de solicitar a cidadania italiana como um direito chamado de Cidadania Italiana por Descendência

Em alguns casos, também surge como cidadania via filiação, por sangue e até pela forma em latim da qual deriva, Jus Sanguinis.

Netos, bisnetos… Quem pode solicitar a cidadania italiana

Como ficou claro no tópico anterior, a cidadania italiana pode ser requerida por qualquer indivíduo que consiga comprovar sua descendência italiana. Em outras palavras, qualquer pessoa que tenha um ancestral italiano pode entrar nessa linha.

Embora tudo possa parecer um tanto fácil e descomplicado em um primeiro momento. O fato, é que existem algumas regras e detalhes fundamentais para que a pessoa, seja ela neto ou bisneto, consiga sua dupla cidadania.

Nesse sentido, vale a pena ter muita atenção em cada etapa do processo. Desde a averiguação dos documentos ao início do pedido. 

Para exemplificar, alguns pontos que podem impedir um indivíduo de conseguir a cidadania italiana envolve detalhes legais muito importantes:

  • os documentos apresentados não podem conter erros;
  • não pode haver quebra na linha de sucessão;
  • quem for descendente do Império Austro Húngaro ou dos Trentinos, precisa ter ainda mais atenção as questões legais;
  • o ancestral italiano não pode ter sido naturalizado como brasileiro, neste caso.

Documentação exigida para o requerimento da cidadania italiana para netos e bisnetos

Como tudo o que diz respeito a questões legais, precisamos de documentos para algum tipo de comprovação. 

No caso da cidadania italiana não seria diferente. Os documentos necessários para o requerimento da cidadania para netos e bisnetos pode compor uma lista um pouco longa e demandar algum esforço, mas, no final das contas, vai valer a pena.

Dito isto, alguns dos documentos essenciais necessários para o requerimento incluem:

  • certidões de nascimento, desde o ancestral italiano até o indivíduo requerente;
  • CNN – Certidão Negativa de Naturalização;
  • certidões de casamento, também, desde o italiano até o neto ou bisneto requerente;
  • certidões de óbito, desde o ancestral italiano até seus pais, caso já tenham falecido.
  • Toda essa documentação precisa estar devidamente organizada, apostilada e, claro, traduzida.

Como tirar a cidadania italiana

Bom, aqui chegamos a parte mais fácil de todo esse processo — ou não. Se você conseguiu reunir todos os documentos necessários, agora é a hora de fazer o pedido da cidadania italiana. Mas, afinal, onde isso pode ser feito?

Se você é neto ou bisneto de italianos, existe a possibilidade de dar início ao processo tanto no Brasil quanto na Itália. Contudo, vale lembrar de considerar algumas questões fundamentais, como os gastos e o tempo que leva para que tudo seja resolvido em cada lugar.

Por exemplo, se você optar por fazer seu requerimento de cidadania italiana no Brasil, os custos tendem a ser menores, visto que há consulados por aqui. Por outro lado, o processo realizado em solo nacional costuma demorar um pouco mais que na Itália.

No entanto, mesmo que na Itália seja mais rápido, há fatores importantes que devem ser considerados, tais como, os gastos com a passagem, os custos de permanência no país, entre outras possíveis despesas.

Embora mais demorado no Brasil, pode ser mais fácil ter acesso ao consulado italiano e, fora isso, a um suporte adequado de uma assessoria para agilizar o processo.

Entendendo a dupla cidadania

A dupla cidadania é um termo que se refere à possibilidade de uma pessoa ter a cidadania de dois países simultaneamente. Isso pode ser obtido de várias maneiras, como, por exemplo:

1. Nascimento: muitos países permitem que as pessoas tenham a cidadania de ambos os países se nascerem lá. Por exemplo, se uma criança nasce de pais americanos em um país europeu, ela pode ter a cidadania dos dois países.

2. Casamento: algumas nações permitem que os cônjuges de cidadãos adquiram a cidadania do país de origem deles.

3. Naturalização: alguns países permitem que os estrangeiros solicitem a cidadania do país depois de cumprir certos requisitos, como viver no país por um tempo determinado e passar por um processo de naturalização. Dependendo da legislação do país de origem, é possível que a pessoa mantenha a cidadania anterior.

4. Jus sanguinis: também há países que possibilitam que as pessoas adquiram a cidadania por descendência, ou seja, por meio de seus pais ou avós. Por exemplo, se um avô italiano teve filhos e netos em outra nação, eles podem ser elegíveis para a cidadania italiana por jus sanguinis.

É importante lembrar que cada país tem suas próprias leis e regulamentos em relação à cidadania e à dupla cidadania, e que alguns países não permitem que as pessoas tenham a cidadania de outros países. É recomendável verificar as leis e regulamentos de cada país de interesse para entender as opções disponíveis.

Conclusão

Portanto, é possível que netos e bisnetos adquiram a cidadania italiana por descendência, desde que preencham os requisitos legais aplicáveis.

No entanto, é importante lembrar que as etapas descritas acima podem ser complexas e exigir a apresentação de vários documentos e a realização de vários procedimentos.

É recomendado obter orientação especializada e seguir atentamente as instruções do consulado italiano responsável pelo processo para garantir que tudo corra bem.

Se você está pensando em pedir sua cidadania italiana e não quer ter trabalho e complicações no decorrer do processo, a equipe do Cidadania Italiana Oficial está a sua inteira disposição. Aqui, todos são qualificados e especialistas nos mínimos detalhes envolvendo essa questão.
O melhor de tudo é que você pode tirar suas dúvidas e obter um atendimento especializado no conforto de sua casa por meio do nosso WhatsApp! Entre em contato conosco e não perca tempo para ter sua cidadania italiana em tempo record.

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on linkedin
LinkedIn
Letícia Portela

Letícia Portela

Advogada

Deixe seu comentário

Nossas redes sociais

Você pode gostar também

Assine nossa Newsletter

Sem spam, notificações apenas sobre novos produtos, atualizações e muito mais!

Postagens relacionadas